24 September 2014

Desconstruir a comunicação

A grande recessão, que nasceu nos Estados Unidos, mas que desenvolveu sua maior virulência nos países do Velho Continente, acarretou uma mudança do entorno operacional dos negócios caracterizada pela perda crescente da confiança dos cidadãos nas lideranças tradicionais, incluindo as corporativas.

Definitivamente, um novo paradigma para o mundo dos negócios, que, acompanhado da irrupção em massa das novas tecnologias e, especificamente, do empoderamento que as redes sociais deram aos cidadãos, evidenciou a necessidade de recuperar a confiança das pessoas nas empresas e nas instituições financeiras.

Esta nova situação significa, sobretudo, que o valor agregado que a comunicação deve fornecer às organizações é a construção de um renovado conceito da reputação, fazendo-o, além disso, através da multiplicidade de canais disponíveis para chegar ao público e grupos de interesse pré-determinados.

Este discurso que José Antonio Llorente, Sócio Fundador e Presidente desta companhia, fez na sessão plenária no recente World Public Relations Forum, realizado em Madri, ressalta a importância de restaurar a confiança e a credibilidade dos cidadãos: este é o desafio do atual momento no qual a sociedade é, cada vez mais, receosa, descrente, precavida e muito mais exigente com os comportamentos corporativos do que há alguns anos.

Jorge Cachinero, Diretor Corporativo de Inovação da LLORENTE & CUENCA

ESPAÑOL
ENGLISH
PORTUGUÊS
PORTUGUÊS-BRASIL

Artigos Relacionados

Este sitio web utiliza cookies, tanto propias como de terceros, para recopilar información estadística sobre su navegación. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso.

ACEPTAR
Aviso de cookies