23 March 2015

A VII Cúpula das Américas, palco privilegiado das relações interamericanas

Em um contexto político, econômico e socialmente complexo na América Latina, a VII Cúpula das Américas, que será realizada no Panamá em 10 e 11 de abril deste ano, se apresenta, com grande relevância, como um fórum que pretende reativar as relações interamericanas.

A importância deste fórum como centro de encontro dos presidentes de todas as repúblicas do hemisfério ocidental é inegável e corresponde, portanto, à maior arena de diálogo dos mesmos, sobretudo nesta edição, na qual a presença de Cuba representa a maior novidade em relação às edições anteriores.

Este relatório analisa o cenário, conteúdo e objetivos alvos da VII Cúpula das Américas no Panamá, ressaltando especialmente a presença de Cuba e a repercussão que poderá ter na presente-futura gestão das relações interamericanas.

Afirma, além disso, a importância da criação e implementação de uma agenda comum como linha estratégica para todos os governos.

Jorge Cachinero, Diretor Corporativo de Inovação da LLORENTE & CUENCA

ESPAÑOL
ENGLISH
PORTUGUÊS
PORTUGUÊS-BRASIL

Artigos Relacionados

Este sitio web utiliza cookies, tanto propias como de terceros, para recopilar información estadística sobre su navegación. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso.

ACEPTAR
Aviso de cookies