03 December 2015

Desconstruindo o território de marca de um banco global: narrativa, protagonistas e valor compartilhado

Quais são os elementos do patrocínio moderno? Nas últimas décadas, as tentativas das empresas de participar de espaços temáticos se limitaram, na maioria das ocasiões, a financiar os eventos, patrocinar os protagonistas ou a comprar os conteúdos para depois difundi-los. Estas fórmulas, próprias de uma era pré-internet, além disso, sempre encontraram muitas dificuldades para mostrar sua geração de valor.

Por isso, é preciso adotar novos modos de contribuir nos territórios criando oportunidades que coloquem em contato os líderes com os protagonistas, as pessoas. Hoje em dia, nós cidadãos já não queremos nos sentir seguidores nos territórios que desfrutamos, queremos ser os protagonistas porque nossas histórias interagem, nossas lembranças contam e nossas mensagens têm mais credibilidade que as das companhias e instituições.

Neste artigo analisamos como o BBVA viu o potencial do território da gastronomia e se uniu ao Celler de Can Roca. Juntos elaboraram um tour que denominaram “The Cooking Tour Experience” sobre o qual já foram realizadas duas edições com excelentes resultados (ver vídeo).

Adolfo Corujo, sócio e diretor-geral para a Espanha e Portugal da LLORENTE & CUENCA

Goyo Panadero, sócio e diretor sênior da LLORENTE & CUENCA Espanha

ESPAÑOL
ENGLISH
PORTUGUÊS-BRASIL

Artigos Relacionados

Este sitio web utiliza cookies, tanto propias como de terceros, para recopilar información estadística sobre su navegación. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso.

ACEPTAR
Aviso de cookies