15 July 2016

Portugal: A crise de reputação no setor bancário

Recuperar a reputação é atualmente a prioridade no setor bancário. Deveria ser, pelo menos. Sem ela, e sem iniciar um longo caminho de diálogo e recuperação da confiança dos seus stakeholders, será mais difícil recuperar a rentabilidade do negócio. Será o mesmo que dizer, numa linguagem mais técnica, que a reputação é, neste momento, uma espécie de ativo desvalorizado. E dizem as regras que, nesses casos, é preciso reconhecer perdas e, consequentemente, constituir provisões. Ou seja é preciso reconstruir a reputação para recuperar o equilíbrio financeiro.

Tiago Vidal, Diretor Geral da LLORENTE & CUENCA Portugal

ESPAÑOL
ENGLISH
PORTUGUÊS
PORTUGUÊS-BRASIL

Artigos Relacionados

Este sitio web utiliza cookies, tanto propias como de terceros, para recopilar información estadística sobre su navegación. Si continúa navegando, consideramos que acepta su uso.

ACEPTAR
Aviso de cookies